fbpx
Sequência didática: Incentivando os estudantes a criarem o hábito de leitura

Sequência didática: Incentivando os estudantes a criarem o hábito de leitura

           Sabemos que a leitura é uma excelente ferramenta de aprendizagem utilizada por todas as disciplinas escolares. No entanto, levar os estudantes a adotarem hábitos de leitura no dia a dia é uma tarefa difícil, que requer por parte dos educadores a adoção de certas práticas estratégicas. Nesse sentido, esta sequência didática se propõe a apresentar um plano de aula interativo, a partir da leitura de textos literários e atividades de gamificação.

           Para o desenvolvimento dessa proposta, é importante entender a função da linguagem no nosso cotidiano e compreender como a leitura é processada no momento das interações sociais. A linguagem é dinâmica, apresenta objetivos e funções específicas e atende às necessidades de comunicação dos usuários.Para que a leitura seja um hábito para os estudantes, é necessário compreendê-la como uma atividade altamente complexa de produção de sentidos, a fim de que os leitores se tornem atores/construtores sociais, sujeitos ativos que, dialogicamente, se constroem e são construídos no texto.

            Especialmente para o leitor que ainda não tem o hábito da leitura, é muito importante elaborar estratégias como as que estão propostas nesta sequência didática, conduzindo-o pelo percurso de três dimensões: (1)leitura como um meio para o prazer, o desfrute e a distração; (2)leitura como objeto de conhecimento em si mesmo;(3) leitura como um instrumento de conhecimento (SOLÉ, 2003). Para a constituição desse leitor, é necessário desenvolver um trabalho contínuo de leitura de textos do cotidiano, organizado a partir da diversidade de gêneros que circulam socialmente.

           Nessa abordagem, estratégias de leitura são procedimentos que envolvem a presença de objetivos a serem alcançados e a supervisão pessoal da ação, que se constitui da avaliação e identificação de eventuais problemas de compreensão que surgem no processo. Desse modo, o ensino de estratégias contribui para a formação do leitor proficiente e assíduo, dotando-o de recursos necessários para aprender a aprender.

            Existem dois tipos de estratégia de leitura: cognitivas e meta cognitivas. As estratégias cognitivas estão no nível do inconsciente e se realizam de maneira automática. Por exemplo, quando lemos outdoors, avisos, cartazes, mensagens de textos nas redes sociais. As estratégias metacognitivassão procedimentos conscientes, que nos conduzem por atividades de reflexão. São essas que ensinamos e aprendemos na escola.Portanto, procedimentos que envolvem o antes, o durante e o depois da leitura precisam ser adotados quando se trata de incentivar o hábito da leitura: 

  • ANTES DA LEITURA: motive o aluno, deixe-o curioso, instigue-o por meio de uma discussão inicial.
  • DURANTE A LEITURA: solicite que o aluno verifique se a compreensão está acontecendo, por meio de previsões sobre o que vem a seguir no texto, perguntas sobre o que foi lido, possíveis dúvidas a serem esclarecidas e resumodas ideias principais.
  • APÓS A LEITURA: tomar notas ou elaborar um resumo, formular e responder perguntas referentes ao texto.

           Seguindo essas orientações, esta sequência didática tem o objetivo de incentivar os estudantes a desenvolverem o hábito da leitura, a fim de que se tornem leitores ativos e conscientes. Para tanto, indica-se a mobilização de atividades interativas e de gamificação, no modelo de sala de aula invertida, mediada por atividades remotas.

TemaIncentivando os estudantes a criarem o hábito de leitura

Objetivos

Compreender a importância da leitura; ler criticamente os textos; conhecer estratégias para manter o hábito de leitura.

Público-alvo

1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio

Áreas de conhecimento

Linguagens e suas Tecnologias, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
Habilidades

(EM13LP01) Relacionar o texto, tanto na produção como na recepção, com suas condições de produção e seu contexto sócio-histórico de circulação (leitor previsto, objetivos, pontos de vista e perspectivas, papel social do autor, época, gênero do discurso etc.); (EM13LGG302) Compreender e posicionar-se criticamente diante de diversas visões de mundo presentes nos discursos em diferentes linguagens, levando em conta seus contextos de produção e de circulação;  (EM13LGG703) Utilizar diferentes linguagens, mídias e ferramentas digitais em processos de produção coletiva, colaborativa e projetos autorais em ambientes digitais.

Tempo estimado

5 a 6 aulas (de 50 minutos)

Recursos da aula

– Computador, ou notebook, ou smartphone com conexão à internet e aparelho retroprojetor, cartolina, post-its, canetas coloridas.

Etapas

Apresentação da situação; Produção inicial; Módulo 1; Produção final
Apresentação da situação

– Realize encontrospedagógicos on-line (via meet, zoom, entre outras plataformas) para contextualizar o tema e mobilizar conhecimentos eexperiências dos estudantes com a leitura; – Levante uma discussão com os estudantes em torno das seguintes questões: “O que é ler? Qual a importância do hábito de ler?” – Permita que alguns dos alunos respondam oralmente ou pelo chat da plataforma on-line; – Apresente o conceito de leitura e, em seguida, proponha uma atividade de escrita baseada em entrevista oral: solicite que elaborem, previamente, um roteiro de entrevista sobre os hábitos de leitura das pessoas, com perguntas do tipo “você gosta de ler?”, “quais leituras você costuma realizar no seu dia-a-dia?” etc. – Utilize esse momento para apresentar, além do tema, as atividades que serão desenvolvidas ao longo das aulas, que culminarão na participação em um jogo (gamificação).
Produção inicial

–Solicite a alguns estudantes a apresentação das respostas obtidas por meioda entrevista proposta na aula anterior. –Em seguida, apresente o vídeo de entrevistaintitulado “Paixão de ler”, com Ariano Suassuana, disponível em site de domínio público (https://www.youtube.com/watch?v=9MS2k4kinrc). – Questione: Alguém de vocês já leu um livro e assistiu à produção cinematográfica da mesma obra? Se sim, o que achou? Se não, o que acham de realizarmos essa experiência? – Apresente, em slides, um roteiro de leitura sobre a obra O coronel e o lobisomem, de José Candido de Carvalho. O roteiro deve apresentar orientações e/ou missões para serem cumpridas pelos estudantes, por exemplo:identificar características das personagens, enredo da obra, desfecho das ações da personagem principal etc. – Proponha que os estudantes assistam ao filme baseado na obra indicada por Ariano Suassuna,O coronel e o lobisomem, de José Candido de Carvalho. – Proporcione um momento para a discussão do filme. – Se possível, proponha a leitura da obra escrita (disponível em:https://docente.ifrn.edu.br/paulomartins/classicos-da-literatura-brasileira-e-portuguesa/o-coronel-e-o-lobisomem-de-jose-candido-de-carvalho). Nesse caso, a leitura deve ser cobrada a longo prazo, duas ou três semanas.
Módulo 1
– Com o objetivo de compreender e conhecer a importância de algumas estratégias para manter o hábito de leitura, proponha e produção de um “Mural da Leitura”: um cartaz contendo o título e, abaixo, duas colunas. A primeira coluna será nomeada “Livros que pretendo ler” e a segunda coluna, “Livros lidos”. As colunas podem ser preenchidas com ilustrações das capas dos livros, avatares das personagens e post-its com anotações.
Produção final

– Os alunos devem participar de um game criado pelo professor. O objetivo é descobrir que tipo de leitor eles são e estimulá-los ao hábito da leitura. Sugere-se que o jogo seja criado na plataforma on-line https://kahoot.com/[1]. – Formule perguntas como:“Você prefere ler livros impressos ou digitais?”, “Quando quer ler e não como segue, como se sente?”, “Você gosta de ser presenteado com livros?”, “Gostas de compartilhar sua leitura e impressões sobre a obra?” – Apresente três opções de respostas com os seguintes resultados: 1- Não gosta de ler;2- Gosta de ler, mas…; 3- Leitor top. Depois que os alunos responderem, crie um gráfico para mostrar-lhes os resultados.
Avaliação
Recomenda-se que a avaliação seja um processo contínuo, realizado através de práticas de leitura, discussão e participação nos jogos.   

Saiba mais!

Luciane Maria Fadel (et. al.). Gamificação na educação.

Disponível em: https://www.pimentacultural.com/gamificacao-na-educacao.

Isabel Solé. Estratégias de leitura. Porto alegre: Artmed, 2003.

Paulo Freire.A importância do ato de ler.

Disponível em: https://educacaointegral.org.br/wpcontent/uploads/2014/10/importancia_ato_ler.pdf

Paloma Lopes

Doutora em Letras pela UFPE, especialista em Inteligência Emocional e em Libras, é professora da Educação Básica e do Ensino Superior, escritora e palestrante. Confia no potencial da educação para o desenvolvimento intelectual e socioemocional do ser.


[1]Acesse o tutorial para produção: https://pt.slideshare.net/marciotics/tutorial-kahoot-101946320

COMPARTILHE: