fbpx
Projetos Integradores – Ciências Humanas e suas Tecnologias

Projetos Integradores – Ciências Humanas e suas Tecnologias

SEQUÊNCIA DIDÁTICA 10: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

            Atenção Professor! Essa proposta foi pensada de modo a atender ao ensino remoto de emergência, todos os seus procedimentos e etapas possuem indicações de como adaptá-la ao ambiente virtual.

Etapa de Ensino:

Ensino Médio (1º, 2º, 3º ano)

Tempo estimado:

5 a 6 aulas

Objetivos:

– Discutir histórica e criticamente o conceito de Desenvolvimento Sustentável.

– Verificar ações globais que visam garantir o Desenvolvimento Sustentável.

– Problematizar aspectos concernentes ao meio ambiente na realidade brasileira.

– Incitar a leitura e a produção textual.

Componentes curriculares contemplados:

História: Verificação de acontecimentos históricos, nacionais e internacionais,que recaem sobre questões da sustentabilidade ambiental.

– Geografia: Estudo do meio, das ações humanas sobre ele e suas consequências.

– Linguagens: Leitura multimodal e produção textual.

Competências e habilidades desenvolvidas:

Competências gerais: 2 e 10

Competências específicas: 1 e 3

Habilidades: EM13CHS101; EM13CHS103; EM13CHS106; EM13CHS301; EM13CHS302; EM13CHS303; EM13CHS304; EM13CHS305.

Introdução

            O conceito de Desenvolvimento Sustentável tem sido um importante objeto de debate, desde as últimas décadas do século XX, o que, em certo viés, explicita a urgência e a importância do tema. As causas que propiciaram tais discussões envolvem questões não apenas ambientais, em sentido estrito aos impactos das ações humanas no planeta, mas também econômicas, políticas e sociais.

            O caráter universal que envolve a noção e a prática do desenvolvimento sustentável é suficiente para que possamos promover ações responsáveis e conscientes em relação ao meio ambiente. Como educadores, devemos incluir essas discussões no ambiente escolar, sobretudo, de modo que os alunos possam relacionar as aprendizagens às suas vivências, a fim de favorecer um debate que acentue a reflexão sobre as competências que devemos desenvolver enquanto cidadãos responsáveis e comprometidos com a preservação do meio ambiente.

            A questão que podemos propor, inicialmente, é: o que seria, na prática, Desenvolvimento Sustentável? Resumidamente, cabe afirmar que é um desenvolvimento que busca ser economicamente suficiente, socialmente includente e ecologicamente sustentável (ROMEIRO, 2011). Neste ponto, fica claro seu aspecto interdisciplinar, que solicita, em diferentes perspectivas, debates entre as ciências econômicas, sociais, biológicas e humanas. Aqui, todavia, focamos na área de Ciências Humanas. Para tanto, é importante levar em consideração as transformações históricas, entendendo a sociedade em permanente movimento e suas ações como mediadoras de mudanças

            Nessa perspectiva, devemos estabelecer estratégias que aproximem o aluno do tema, para que ele seja capaz de associar, criticamente, os fatos e os marcos históricos referentes ao desenvolvimento sustentável com sua realidade, compreendendo-os em seus aspectos macro e micro, na medida em que o processo histórico é entendido através das diferentes atuações temporais e espaciais entre grupos sociais que articulam dimensões econômicas, culturais e políticas.

             Partindo dessa proposta, esta sequência didática, tem por objetivo, a partir do estudo do Desenvolvimento Sustentável, atingir diferentes realidades vivenciadas pelos estudantes, a fim de viabilizar um processo de ensino-aprendizagem ativo e participativo, que desenvolva o pensamento crítico e a noção de responsabilidade ambiental.

Procedimentos metodológicos

            Antes de iniciar as etapas desta sequência didática, introduza o tema a parir dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), instituídos pela ONU, na Cúpula de Desenvolvimento, realizada em New York no ano 2015 (disponível em: https://nacoesunidas.org/pos2015/). Estes Objetivos, em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, visam promover melhorias no mundo até o ano de 2030. Divida a turma em grupos de até 5 alunos e solicite que cada grupo escolha um entre os 17 Objetivos para análise detalhada de suas propostas.

Etapa 1:

– Inicie a aula contextualizando de forma resumida os principais aspectos históricos da Revolução Industrial em suas diferentes “fases”. É importante destacar que as mudanças ambientais decorrentes da ação humana não são exclusivas desse evento histórico, mas sua importância consiste na descoberta e avanço de técnicas que alteraram as proporções e consequências dessas ações;

– Em seguida, apresente algumas discussões principiadas após a era nuclear, inaugurada pela Segunda Guerra Mundial, como a Conferência das Nações Unidas sobre o Ambiente Humano, realizada no ano de 1972 em Estocolmo, o Protocolo de Kyoto, a Eco 92 e o Rio+20. Este é um momento propício para analisar as diferentes metas e desafios levantados por essas conferências, e a instituição de datas comemorativas, como o Dia Internacional do Meio Ambiente;

– Retome a atividade de análise solicitada anteriormente; cada grupo deve apresentar o objetivo escolhido entre os ODS. Questione quais motivos os levaram a escolher tal objetivo, destacando se o considera viável e possível de ser alcançado até o fim da década.

Etapa 2

– Inicie a aula questionando os alunos, pergunte se eles conhecem os direitos constitucionais sobre o meio ambiente e se o Estado tem poder de controle sobre a produção e o comércio de materiais de risco ao meio ambiente. Em seguida, solicite a leitura em voz alta, alternada entre os alunos, do Art. 225 da Constituição Federal (disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm).

– Promova um debate referente à organização legal das questões ambientais no Brasil, avaliando essas leis são colocadas em prática, tendo em vista suas vivências pessoais e conhecimentos adquiridos através dos meios de comunicação.

– Solicite que os alunos assistam ao documentário, produzido pelo Canal Futura, “Krenak:vivos na natureza morta” (disponível em: https://www.youtube.com/playlistlist=PLNM2T4DNzmq5pDAQv5yDwQnE4qHJJ–EW), que retrata a vida dos únicos índios que ainda vivem às margens do Rio Doce, em Minas Gerais, após o desastre ambiental causado pela lama da mineradora Samarco. Você também pode assistir ao documentário com os alunos: no ambiente escolar, utilize computador com acesso à internet e projetor data show; no ambiente virtual, ative a opção “compartilhamento de tela”. 

– Solicite aos alunos anotações de suas impressões e opiniões para debate na próxima. A leitura multimodal, legislação e filme, é importante para que os alunos categorizem e organizem materiais para a produção final desta sequência.

Etapa 3

– Inicie a aula com um debate acerca do documentário assistido anteriormente. Os alunos devem manifestar suas opiniões livremente; no ambiente virtual, selecione 3 ou 4 alunos para isso

– Introduza seus próprios apontamentos para que, a partir deles, o diálogo possa ser desenvolvido. Busque acentuar em sua fala questões culturais e históricas referentes às sociedades indígenas brasileiras, especialmente no que diz respeito às diferentes relações com a terra, enquanto espaço de posse; além disso, associe o tema do documentário com a legislação estudada.

– Aproveite este momento para inserir informações acerca do desmatamento, agronegócio e das queimadas (tanto as criminosas quanto as provenientes de mudanças climáticas).

– Realize uma busca, ou solicite que os alunos o façam, de músicas que retratam a temática do desenvolvimento sustentável. Selecione, com os alunos, entre as músicas encontradas, uma para que seja ouvida e analisada em grupo;

– Após, realize a análise da letra relacionando-as às discussões das aulas anteriores. Duas sugestões de música são: Plástico, do artista brasileiro Edgar, que pode introduzir debates referentes à produção e poluição proveniente do consumo irresponsável; e Reis do Agronegócio, na qual Chico César discute questões relativas ao consumo e produção de bens que devastam o meio ambiente.

Etapa 4:

– Levando em consideração as aprendizagens construídas nas etapas anteriores, divida a turma em grupos, para que produzam textos críticos sobre a noção de desenvolvimento sustentável. O objetivo desta atividade é incitar a análise crítico-reflexiva sobre o tema e possibilitar que os alunos pratiquem a escrita e técnicas de argumentação.

Neste caso, embora seja interessante que os alunos tenham liberdade para definirem as questões que desejam abordar, é importante dar orientações e sugestões que eles possam seguir ou adaptar. Considere as sugestões a seguir:

  1. Levantamento de empresas que buscam técnicas sustentáveis de produção, como produtos orgânicos, biodegradáveis,ou itens que substituem os descartáveis; verificar suas políticas de produção e venda, assim como aspectos referentes à acessibilidade econômica;
  2. Produção de material educativos para conscientizar a comunidade sobre a importância do desenvolvimento sustentável. É importante pensar em uma forma sustentável de acesso e distribuição desse material;
  3. Elaboração de sugestões para tornar a própria cidade mais sustentável;deve resultar na produção de um manifesto que visa chamar atenção da comunidade para a necessidade de ações sustentáveis;
  4. Criação de conteúdo digital, em canais do YouTube, blogs e demais redes sociais, abordando questões referentes ao Desenvolvimento Sustentável; é interessante a produção de um roteiro com os principais pontos a serem tratados.

Avaliação:

O processo avaliativo deve ser contínuo e qualitativo, através das discussões e diálogos suscitados e da produção textual.

Materiais Necessários:

computador com acesso à internet, aparelho de Datashow e som.

Sugestões de leitura:

ROMEIRO, Ademar Ribeiro. Desenvolvimento sustentável: uma perspectiva econômico-ecológica.

Disponível em:
https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0103-40142012000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=pt.

SENADO FEDERAL. Temas e Agendas para o Desenvolvimento Sustentável. Brasília – DF, 2012.

Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/496289/000940032.pdf?sequence=1.

Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável Disponível em: https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/.

COMPARTILHE: