fbpx
Projetos Integradores – Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Projetos Integradores – Ciências da Natureza e suas Tecnologias

SEQUÊNCIA DIDÁTICA 10 – DOENÇAS HUMANAS VIRAIS

            Atenção Professor! Essa proposta foi pensada de modo a atender ao ensino remoto de emergência, todos os seus procedimentos e etapas possuem indicações de como adaptá-la ao ambiente virtual.

Etapa de ensino

Médio, com foco no 2º ano

Tempo estimado

4 a 6 aulas

Objetivos

  • Compreender a estrutura dos vírus, sua composição e seus diferentes tipos;
  • Entender as formas de reprodução viral e de infecção no organismo humano;
  • Conhecer as diferentes doenças virais e suas formas de transmissão;
  • Desenvolver um pensamento crítico sobre as formas de prevenção das doenças humanas virais.

Componentes curriculares contemplados

  • Química: Composição química dos vírus.
  • Biologia: Tipos de vírus, reprodução, propagação e implicações.
  • História: Resgate histórico das doenças virais na população humana; História da vacina.
  • Língua Portuguesa: Resenha Crítica.

Competências e habilidades desenvolvidas

  • Competências Gerais: 1, 8, 9 e 10
  • Competências Específicas: 4 e 5
  • Habilidades: EM13CNT301; EM13CNT304;EM13CNT310

Introdução

            Vírus são organismos sem organização celular e, por isso, dependem da energia e do material de uma célula para realizar processos básicos (como a replicação, por exemplo), caracterizando-se como parasitas intracelulares obrigatórios.Contudo,os vírus possuem capacidade típicas de seres vivos, como a de se multiplicar e passar por mutações. Além disso, na ausência de um corpo celular, os vírus são inativos, mas não menos patogênicos, possuindo alta capacidade de contaminação. 

            Os vírus podem ser encontrados em diversos ambientes,parasitando células e, consequentemente, causando doenças. Devido a sua fácil disseminação, as doenças virais rapidamente se espalham entre a população, sendo responsáveis por epidemias e pandemias, como: a influenza A, provocada pelo vírus H1N1; a dengue, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti; a gripe espanhola, que, apesar do nome, vitimou pessoas no mundo todo; a febre amarela, que já provocou inúmeras mortes. principalmente nas Américas e na África; o sarampo, uma das principais causas de morte entre crianças até 1963;a varíola, atualmente erradicada; e a mais recente, que atinge e aflige toda a população mundial, a covid-19.

            Com o quadro atual, o que todos esperam é a criação de uma vacina.Esta, por sua vez,consiste em uma pequena quantidade de vírus enfraquecidos ou mortos, que são posteriormente fragmentados e,em seguida, injetados no organismo, fazendo com que ele ataque os prováveis intrusos, criando dessa forma uma memória imunológica.

            Diante desse contexto, esta proposta de sequência didática, baseada na metodologia de projetos, tem como objetivo desenvolver o pensamento crítico acerca das atitudes individuais e coletivas que podem contribuir para a contaminação ou prevenção de doenças virais.

Procedimentos metodológicos

            Antes de iniciar as etapas desta sequência didática, solicite aos alunos que façam um levantamento histórico sobre a Aids, sua origem, evolução e atuais tratamentos.

Etapa 1

  • Introduza o tema a partir do sistema de reinos e os motivos pelos quais os vírus não fazem parte de nenhum deles; explique as características específicas dos vírus, que não os caracterizam como seres vivos, mas sim como parasitas intracelulares obrigatórios;em seguida,explique também a estrutura, composição, forma de replicação e ciclos;
  • Após as explicações iniciais,aborde as características dos retrovírus, destacando em especial a Aids; neste momento, os alunos devem apresentar as informações obtidas com a pesquisa solicitada anteriormente. Para isso, divida a turma em quatro grupos, responsabilizando cada um por um aspecto específico da pesquisa: origem, características, evolução e tratamentos; no ambiente virtual, escolha ou sorteie no mínimo quatro alunos para falar sobre a doença.

Etapa 2

  • Inicie a aula diferenciando endemia, epidemia e pandemia, levando em conta a atuação dos vírus nessas três diferentes escalas no cenário mundial;em seguida, apresente as principais endemias e epidemias que já ocorreram no Brasil: Como elas se desenvolveram? Qual a solução encontrada? Com base nessas perguntas, gere um debate com a turma, ressaltando a diferença entre doenças virais e bacterianas.
  • Para encerrar a aula, assista com os alunos ao vídeo As maiores epidemias da história, disponível: https://www.youtube.com/watch?v=V4gFVuc4n9s. No ambiente escolar, é necessário computador com acesso à internet e aparelho de Datashow; no ambiente virtual, basta habilitar a opção “compartilhamento de tela”.

Etapa 3

  • Inicie a aula conversando com os alunos sobre a atual pandemia dacovid-19. Explique a atuação do vírus no organismo, o período de latência, incubação, transmissibilidade e recuperação, além de como ocorre o tratamento e quais são as medidas a serem tomadas para evitar a transmissão.
  • Em seguida, conduza os alunos ao laboratório de informática, onde poderão acessar o jogo Heróis da Pandemia, disponível em: https://www.heroisdapandemia.com.br/; a partir dele os alunos poderão obter informações importantes acerca da atuação do vírus, combate e prevenção; no ambiente virtual, compartilhe o link do jogo com os alunos e acompanhe o processo;
  • A fim de consolidar as aprendizagens construídas até então, solicite aos alunos a produção de uma resenha crítica sobre o filme Contágio (2011), disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=olI-5kHd7ZI. Além de uma análise do filme, os alunos devem estabelecer uma relação com o cenário atual; você ainda pode selecionar as melhores resenhas para serem postadas no blog da escola.

Matérias Necessários

No ambiente escolar, computador com acesso à internet e aparelho Datashow.

Sugestões de leitura

Cartilha Coronavírus:

https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files//media/document//coronavrus_informaes_minstrio_da_sade.pdf

Dengue: aspectos epidemiológicos, diagnóstico e tratamento

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/dengue_aspecto_epidemiologicos_diagnostico_tratamento.pdf

História das pandemias

https://www.telessaude.unifesp.br/index.php/dno/opiniao/231-a-historia-das-pandemias

Sugestão de vídeo

Qual a diferença entre Aids e HIV?

COMPARTILHE: