fbpx
Sequência Didática Letramento Científico na Educação Infantil: Noções de Sustentabilidade

Sequência Didática Letramento Científico na Educação Infantil: Noções de Sustentabilidade

Introdução

           Alguns educadores discutem o aprendizado das ciências como uma das principais bandeiras da educação, no intuito de alcançar um desenvolvimento satisfatório no que se refere ao letramento científico individual. Nessa perspectiva, cabe à educação infantil traçar caminhos que levem ao aprimoramento desta capacidade única de compreender o mundo. Um aluno que tenha aprendido, em sua escola, a pensar e a questionar se tornará um adulto apto a tomar suas decisões de forma consciente e crítica, atuando significativamente na esfera social e econômica.     

          Neste momento de pandemia em que o mundo vive, a escola se adequou a novas formas e possibilidades de ensino. No formato híbrido e presencial, o professor se utiliza de vários recursos para dar andamento a suas aulas. Por isso, nesta Sequência Didática possibilitaremos ao professor caminhos para uma aventura investigativa sobre a Sustentabilidade Ambiental, fazendo uso de tecnologias e proporcionando uma série de discussões sobre como usar os recursos naturais de forma responsável e inteligente, para que possamos garantir a existência deles para as gerações futuras.

Tema:

Meio Ambiente e Sustentabilidade

Objetivos:

  • Aprender sobre reciclagem;
  • compreender a importância da redução dos problemas ambientais para o planeta.
  • utilizar ferramentas tecnológicas como recurso de promoção do cuidado ao meio ambiente;
  • analisar fatos e situações sobre o lixo, do ponto de vista ambiental, reconhecendo a necessidade de participar desse processo;
  • Aprender sobre a importância do cuidado com o meio ambiente.

Publico- alvo:

2°, 3°, 4° e 5° anos

Áreas de conhecimento:

Linguagens e suas tecnologias; Ciências da Natureza e suas tecnologias.

Habilidades segundo a BNCC:

(EI03ET03) Identificar e selecionar fontes de informações, para responder a questões sobre a natureza, seus fenômenos, sua conservação.

(EI03ET04) Registrar observações, manipulações e medidas, usando múltiplas linguagens (desenho, registro por números ou escrita espontânea), em diferentes suportes.

(EF07CI08) Avaliar como os impactos provocados por catástrofes naturais ou mudanças nos componentes físicos, biológicos ou sociais de um ecossistema afetam suas populações, podendo ameaçar ou provocar a extinção de espécies, alteração de hábitos, migração etc.

(EI01EO01) Perceber que suas ações têm efeitos nas outras crianças e nos adultos.

(EM13CNT302) Comunicar, para públicos variados, em diversos contextos, resultados de análises, pesquisas e/ou experimentos, elaborando e/ou interpretando textos, gráficos, tabelas, símbolos, códigos, sistemas de classificação e equações, por meio de diferentes linguagens, mídias, tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC), de modo a participar e/ou promover debates em torno de temas científicos e/ou tecnológicos de relevância sociocultural e ambiental.

Tempo estimado:

Plano para cinco aulas, com duração de cinquenta minutos cada aula.

Recursos metodológicos para realização das aulas:

Livros; Computador; TV; Tablet; Celular; Fantoches; Aplicativos educacionais.

Etapas:

Apresentação da situação; Produção Inicial, Módulo 1 e 2, Produção Final.

Apresentação da situação:

  • Expor livros sobre meio ambiente e sustentabilidade em um cantinho da leitura e estudos, previamente elaborado pelo professor, com decorações alusivas ao tema;
  • Fazer o acolhimento da turma de forma lúdica, com fantoches, apresentando o tema da aula: sustentabilidade;
  • Em uma roda de conversa, questionar as crianças com perguntas do tipo: Quem sustenta você na sua casa? O que é sustentar? Quais as suas necessidades básicas que precisam ser sustentadas? E na natureza, o que precisamos sustentar? Por quê?
  • A partir da discussão inicial, explicar o que é e qual a importância da sustentabilidade para o meio ambiente. Fazer com que as crianças questionem e entendam o que fazer e porque realizar determinadas ações para ajudar o planeta. Por exemplo: usar água com cuidado, evitando o desperdício e reaproveitando-a sempre que for possível; não jogar lixo no chão ou na natureza, observando que o lixo pode contaminar o solo e entupir as saídas de água; criar o hábito de separar e reciclar o lixo doméstico.

Produção Inicial:

  • Iniciar a aula lendo o livro “Não afunde no lixo”, autora Nilce Bechara, ao mesmo tempo em que apresenta as ilustrações. Este livro conta a história de Zeca e seu cachorro, que saem nas ruas do bairro no Dia Mundial do Meio Ambiente para dar uma lição de cidadania aos moradores. Para baixar o livro, acesse: https://smenf.files.wordpress.com/2020/07/nilce-bechara-nc383o-afunde-no-lixo.pdf. Logo após a leitura, realizar uma roda de conversa para que as crianças expressem o entendimento de cada um.
  • Solicitar que cada criança faça registros com pinturas ou desenhos sobre o entendimento sobre a história. 
  • Em uma roda de conversa, expor situações do dia a dia em que podemos tomar atitudes simples que possam ajudar o planeta.
  • Se possível, solicitar que as crianças estejam com celulares ou tabletes como recurso para a aula seguinte.

Módulo 1:

  • Apresentar dois aplicativos aos estudantes e indicar como usá-los: +Sustentabilidade e Sustentabilizando, ambos disponíveis para baixar em Android. O primeiro aplicativo traz novas mudanças de vida, hábitos e conhecimentos para se fazer um mundo melhor; ensina a fazer a própria horta em casa e a criar jogos com produtos recicláveis; calcula o seu tempo de banho, ensinando a poupar a água, e dá dicas de como praticar a sustentabilidade com foco na saúde, por meio da alimentação, prática de exercícios físicos e reciclagem. O segundo aplicativo é vencedor do Prêmio Bom Exemplo, Globo Minas, na categoria Cidadania, e complementa o primeiro, detalhando quais os materiais podemos reciclar, como reduzir nosso consumo de energia e de água. além de apresentar jogos divertidos que auxiliam no entendimento do tema.    
  • Separar as crianças em grupos, conforme a quantidade presente na sala de aula, para que, através do seu celular, possam usar o aplicativo e registrar o que aprenderam. Nas aulas remotas as crianças poderão contar com o auxílio da família para usar os aplicativos.

Módulo 2:

  • Apresentar o vídeo Sustentabilidade, disponível no link: https://youtu.be/VuKyhRTnjw4. Em seguida, promover uma conversa sobre o que viram no vídeo e questionar se as crianças praticam alguma das ações vistas. Aproveitar para refletir sobre os hábitos que demonstram ter.
  • Questione: Vocês acham que os hábitos das pessoas têm ajudado o planeta a se manter limpo e saudável? Vocês têm alguma ideia de como ajudar o planeta? Em seguida, apresentar o vídeo Turma da Mônica – Cuidando do Meio Ambiente, disponível no link: https://youtu.be/mJ8nISBlqvE.
  • Refletir sobre como os conhecimentos sobre a ciência ajudam em tarefas cotidianas como as vistas nos vídeos e como as indicadas nos aplicativos baixados nos aparelhos eletrônicos. Além disso, estimular os estudantes a praticar novos hábitos em casa, e a ensiná-los também aos familiares.                                    
  • Projetar, em slides, o site www.escolagames.com.br e ensinar as crianças a jogarem Coleta Seletiva, jogo divertido que contribui para uma formação ecológica mais consciente, mostrando como é feita a coleta seletiva e seus benefícios e unindo ciência e tecnologia. Este site é uma ferramenta educacional incrível, disponível para todos que têm acesso à internet.
  • Solicitar que os estudantes desenhem, individualmente ou em duplas, conforme a realidade da sua turma, as novas práticas aprendidas nas aulas e (que podem ser) realizadas no cotidiano.

Produção Final:

  • Exposição dos trabalhos das crianças, e dos registros adquiridos ao longo das aulas, com o envolvimento de toda a turma e apresentação de resultados para a comunidade escolar.  

Avaliação:

          A avaliação será contínua em todo o percurso das atividades, promovendo ações e vivências relacionadas à compreensão, preservação e manutenção do meio ambiente, com atitudes conscientes, aprendendo a cuidar do planeta, aprendendo a “ler o mundo”, pois, segundo Paulo freire (2006, p. 9): “leitura do mundo precede sempre a leitura da palavra e a leitura desta implica a continuidade da leitura daquele.” 

          Todas essas etapas precisam ser acompanhadas de registro e análise pelo professor, isso porque se entende essa tarefa como crucial para o desenvolvimento do letramento científico.

Saiba mais!

CUNHA, R. B. Alfabetização científica ou letramento científico? Interesses envolvidos nas interpretações da noção de scientific literacy. Revista Brasileira de Educação. v. 22 n. 68 jan.-mar. 2017.

Vídeo:Saiba como promover o letramento científico, que contém entrevista com a especialista em ensino de Ciências, Luciana Hubner.

Ana Maria da Conceição Ribeiro Souza                                                  

Pós-graduada em Educação Especial (IESP), graduada em Pedagogia (URRN), atua como professora da Educação Infantil (PMJP). Acredita na educação como ferramenta para grandes mudanças.

COMPARTILHE: