Código da Obra:

0109P21505

Apresentação da Obra

Você no Mundo – Linguagens e suas Tecnologias é uma sugestão didática que tem como intuito possibilitar, aos estudantes do Ensino Médio, a reflexão crítica sobre a língua como prática social e patrimônio cultural. Enquanto proposta de Projeto Integrador, a obra tem como objetivo desenvolver o trabalho pedagógico interdisciplinar e contextualizado, associando teoria e prática, a fim de auxiliar na formação dos estudantes para o mundo.

Para atender a esse propósito formador, a obra contempla atividades alinhadas às práticas cotidianas dos estudantes, adotando uma abordagem integradora, a partir das orientações da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e das normas do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD).

Nesse sentido, as competências e habilidades a serem desenvolvidas, de acordo com BNCC, voltam-se para a valorização da diversidade de saberes e vivências a partir do trabalho com a linguagem, promovendo a leitura e a produção textual de diferentes gêneros discursivos, como a notícia, o artigo de opinião, a entrevista, o texto publicitário, a carta aberta etc. Assim, possibilita-se a formação integral de cidadãos conscientes, capazes de se comunicar e pensar criticamente no mundo globalizado.

Proposta Pedagógica

A proposta pedagógica da obra Você no Mundo – Linguagens e suas Tecnologias é baseada na metodologia de projetos, cujas vivências e ações propostas valorizam a prática da resolução de problemas, o exercício da argumentação e o uso de novas tecnologias. A obra apresenta 6 (seis) Projetos Integradores, articulados a 5 (cinco) temas norteadores:

A obra é composta por 6 (seis) Projetos Integradores, articulados a 5 (cinco) temas norteadores:

  1. Artes em Frequência Digital A partir do tema integrador STEAM, uma abordagem educacional que adota Ciência, Tecnologia, Engenharia, Arte e Matemática, este projeto estabelece um diálogo entre as Artes e as Tecnologias Digitais da Informação e da Comunicação.

  2. Mulher e Empoderamento Social: promovendo direitos Tendo como tema integrador o Protagonismo Juvenil, este projeto promove uma reflexão acerca dos discursos sobre a mulher em campanhas publicitárias, com vistas a sensibilizar a comunidade educativa para a necessidade do empoderamento feminino.

  3. Fake News: como evitar a trama da desinformação? A partir do tema integrador Midiaeducação, metodologia que incorpora ao processo de ensino-aprendizagem os meios de comunicação, este projeto mobiliza conhecimentos científicos em torno do gênero notícia, a fim de compreender os processos de produção e disseminação de informações.

  4. Conversando a gente se entende! Partindo do tema integrador Mediação de Conflitos, este projeto tem como objetivo desenvolver a escuta ativa e o diálogo respeitoso, a fim de desenvolver a empatia e a boa convivência, com acolhimento e valorização da diversidade de indivíduos e grupos sociais.

  5. Turismo no Brasil para ver e sentir Por meio do tema integrador Empreendedorismo Juvenil, a proposta deste projeto parte do exercício da curiosidade intelectual acerca do turismo no Brasil e na própria comunidade do estudante, com o foco na acessibilidade e na diversidade artístico-cultural.

  6. Juventudes e as Expressões Artístico-Culturais: vamos escutar a voz da nossa comunidade? Por meio do tema integrador Protagonismo Juvenil, este projeto tem como objetivo conhecer e valorizar as diversas manifestações artístico-culturais, promovendo uma reflexão acerca da indústria da cultura e da (des)valorização de determinadas expressões culturais.

Cada projeto apresenta uma sequência didática com Etapas e Passos, sistematização das ações e avaliação do desempenho. As propostas consistem em atividades coletivas, pois objetivam promover o desenvolvimento das competências socioemocionais.

Assim, propõe:

  1. Aprendizagem a partir da problematização de questões relevantes para a sociedade - método de ensino centrado na resolução de problemas sociais relevantes, como fonte de desafio e desenvolvimento de habilidades construtivas;

  2. A sala de aula como espaço de práticas coletivas - a sala de aula como lugar de produção, socialização, uso e internalização de conhecimentos, por meio do aprendizado experimental, da solução de problemas e de processos criativos.

  3. Avaliação contínua e autoavaliação - estratégias avaliativas que permitam observar se os objetivos traçados foram alcançados ao longo do desenvolvimento dos projetos;

  4. Vivência coletiva ampliada - propostas de encerramento dos projetos por meio de uma apresentação, intervenção artística ou evento com a participação de toda comunidade escolar.

Destaques da Coleção

Foco nas Metodologias Ativas

Os estudantes são levados a superar os obstáculos apresentados nas problematizações, a debater ideias a partir das contextualizações e a desenvolver a argumentação por meio das atividades propostas.

Incentivo ao Protagonismo

Os estudantes são encaminhados a ser protagonistas no processo de construção do conhecimento.

Uso das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação

Os estudantes são incentivados a aprender de forma autônoma e colaborativa, contando com o meio digital para realizar suas pesquisas.

Adaptação às diferentes realidades

As seções Etapas e Passos apresentam caminhos flexíveis para ajustes à realidade de cada grupo.

Análise de gêneros textuais

Os gêneros textuais presentes nos projetos contribuem para a análise de diferentes linguagens e para a produção de diferentes discursos, ampliando o protagonismo e a autoria na vida pessoal e coletiva.

Destacam-se ainda a abrangência de temas que contemplam as diferentes dimensões das vidas dos estudantes e dos professores e a adequação da linguagem às juventudes. Além disso, a riqueza de recursos didático-pedagógicos e a participação da comunidade educativa são evidenciadas em todos os trabalhos.

Estrutura da Obra

  1. Etapas

    Cada Projeto Integrador é dividido em Etapas, que correspondem aos momentos de contextualização, desenvolvimento e conclusão.

  2. Passos

    São divisões dentro das Etapas que orientam o desenvolvimento do Projeto.

  3. Vamos Refletir

    Propostas de atividades reflexivas, com o objetivo de promover o debate e a troca de ideias em sala de aula.

  4. Vamos Pesquisar

    Atividades de investigação e pesquisa a serem realizadas em grupo.

Manual do Professor

Material de suporte às práticas pedagógicas, com orientações acerca da gestão e desenvolvimento dos Projetos Integradores, apresentando objetivos, justificativa, sugestões de planejamento, competências e habilidades a serem exploradas, e dicas de leituras complementares, que possibilitam aprofundar os conhecimentos acerca dos temas e metodologias abordados.

Videotutoriais

Para auxiliar o trabalho do professor em sala de aula, são disponibilizados videotutorias que apresentam de forma dinâmica cada um dos Projetos Integradores que compõem a obra Você no Mundo – Linguagens e suas Tecnologias, tornando mais prático o entendimento das etapas e procedimentos pedagógicos.

Autores

Thiago Barros Mendes - Mestre em Linguística pelo Programa de Pós-graduação em Linguística e Graduado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Possui experiência na área de Linguística, com ênfase em Semântica (cognitiva) e Pragmática. Atuou como professor de Língua Portuguesa / Produção Textual.

Adriana Valéria Santos Diniz - Doutora em Educação pela Universidade de Valência (Espanha) e Pedagoga pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Professora e pesquisadora da Educação Superior na graduação e na pós-graduação no Centro de Educação da UFPB e atuou na educação básica por mais de dez anos como professora, técnica, Secretária de Educação e Conselheira nos estados da Paraíba e Rio Grande do Norte.

Daniel Sousa Morais - Mestre em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística e Graduado em Letras – Inglês pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Possui experiência como professor de Língua Inglesa em diversos contextos de ensino (ensino regular, cursos preparatórios para exames, cursos livres, ESP, ESL etc.).

Débora Fabianne da Silva Freire - Mestre em Jornalismo pelo Programa de Pós-Graduação em Jornalismo e Graduada em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Possui experiência profissional na área de Comunicação, com ênfase em TV, Rádio e Assessoria de Comunicação.

Djamere de Sousa Braga Leite - Mestre em Direitos Humanos, Políticas Públicas e Cidadania e Graduada em Serviço Social pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Bacharela em Direito pelo Instituto de Educação Superior da Paraíba (IESP), Tecnóloga em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Norte do Paraná (UNOPAR). Instrutora do Curso de Mediação Comunitária pela Escola Superior de Magistratura. Presidente da Comissão de Justiça Restaurativa da OAB/PB e Professora Universitária de Mediação, Arbitragem, Justiça Restaurativa e Ciência Política.

Jeane Félix da Silva - Pós-doutorado e Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Mestre em Educação e Pedagoga pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Professora Adjunta vinculada ao Departamento de Habilitações Pedagógicas e ao Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPB. Atuou na vice-coordenação do Curso de Pedagogia presencial na UFPB. Possui experiência nas áreas de Educação e Educação em Saúde.

Mariana Lins de Oliveira Doutora e Mestre em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Professora do Departamento de Psicopedagogia e do Mestrado Profissional em Políticas, Gestão e Avaliação da Educação Superior da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Possui experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: política educacional, políticas públicas do ensino superior e políticas de juventude.

Priscila dos Santos Ferreira Dias Mestre em Educação e Graduada em Educação Física pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Pedagoga pela Faculdade do Vale do Jaguaribe. Gestora em Tecnologia Educacional e possui larga experiência em Políticas Públicas, Legislação e Gestão Escolar no Setor Público. Desenvolve atividade como Designer Instrucional (DI) de EaD (E-learning e blended learning) e soluções para processos educativos em dispositivos móveis.

© copyrights MVC Editora - all rights reserved